Santa Casa de Chavantes assume Saúde em Vilhena – Rondônia                           

Após ser decretado o total colapso da saúde municipal de Vilhena – RO no decreto de Calamidade Pública em Saúde, a Santa Casa de Chavantes enviou uma equipe multiprofissional composta por 18 pessoas entre médicos, enfermeiros e administradores hospitalares à fim de realizar um diagnóstico preciso e criar planos de ação para tirar a cidade da calamidade em que se encontra.

Em meio de um grave surto de dengue a cidade, detentora de 7 UBS só tem 2 unidades que ainda funcionam em meio ao caos.

O colapso só não é maior, porque a UPA 24 horas acaba recebendo toda a demanda de pacientes que necessitam de atendimento, mediante esforço tremendo de suas equipes assistenciais.

Além disso, o hospital regional possui alas completamente fechadas e abandonadas, enquanto pacientes se aglomeram em corredores e se amontoam em mais de 5 pacientes em quartos que foram feitos apenas para 2 pessoas.

Alguns planos de ação já foram implantados, como: aumento e reforço das equipes assistenciais, compra de insumos e medicamentos, além de materiais para que se reabram as UBS fechadas.

Apesar do cenário caótico, a população de Vilhena tem mostrado resiliência, confiança na equipe da Santa Casa de Chavantes e esperança.

A equipe da Santa Casa de Chavantes não medirá esforços para trazer humanização e dignidade à população deste importante município.

Novo fluxo de entrada e saída de acompanhantes.

A Santa Casa de Chavantes visa melhorar a segurança, a qualidade de atendimento e humanização para os seus pacientes e funcionários. Pensando nisso, a partir de agora alguns fluxos de entrada e saída de acompanhantes serão modificadas.

Contratamos uma equipe de segurança, para controle de entrada do hospital e divulgamos as regras que serão utilizadas para o conforto e segurança de todos.

📍Rua Maria Ferreira, 22, Centro – Chavantes – SP

#santacasademisericordia #santacasa #saude #confianca #bemestar #atendimentomedico #chavantes #oschavantes #santacasachavantes

Curso de especialização em Marília.

Aconteceu nesse sábado o curso de regulação médica e Atendimento Pré Hospitalar, em Marília, com o Dr. Antônio Onimaru, médico emergencista referência na área de atendimento móvel.
O curso foi voltado aos profissionais da Santa Casa de Chavantes que atuam no município.

#samu #aph #urgenciaeemergencia #mariliasp #marilia #santacasadechavantes #chavantes #oschavantes #OrganizaçãoSocial #treinamento #educaçãocontinuada

Novidade no Pronto Socorro da Santa Casa de Chavantes!

Além do novo equipamento de Tomografia que já está sendo instalado no Pronto Socorro do hospital, acabamos de firmar parceria com a Brasil Telemedicina, empresa pioneira no ramo de laudos e consultas à distância.
Em breve, nosso hospital terá laudo de Eletrocardiograma 24 horas por dia, 07 sete dias por semana, realizado por cardiologistas à distância.
O objetivo é melhorar a qualidade do atendimento, trazendo mais segurança aos pacientes que passam na instituição.

#cardiologia #telemedicina #eletrocardiograma #ecg #brasiltelemedicina #oschavantes #santacasadechavantes #Chavantes #Humanização #transparencia #hospitaisfilantropicos

Mensagem do Presidente da Santa Casa de Chavantes

Aos nossos colaboradores e parceiros.
O ano de 2022 foi marcado por grandes conquistas e superações.
Foi o ano em que fechamos nossos últimos leitos exclusivos de COVID19, conquistamos importantes hospitais no Estado de São Paulo, auxiliamos na vacinação da população, renovamos contratos no interior de São Paulo e Paraná, além de ampliar nossa atuação para os programas Melhor em Casa, UPA, SAMU e Longa Permanência.


Fizemos importantes pactuações em Saúde Pública, atuando nas RUE de diversas regiões, informatizando e modernizando UPAS e SAMU, participando como um dos Hospitais que mais fizeram procedimentos no Corujão da Saúde do Estado de São Paulo, incluindo especialidades que sequer possuíamos em nosso escopo de atuação. Zeramos filas de exames e ampliamos o acesso à saúde da população.
Levamos o nome da Santa Casa e do Município de Chavantes ao cenário da Saúde Pública Brasileira. Conquistamos 3 importantes prêmios: Medalha Constitucionalista, Oscar da Saúde e Excelência da Saúde. Tudo isso sempre com o esforço e a humanidade de todos nossos colaboradores, que não medem esforços para oferecer o mais completo carinho e cuidado à população.
Conquistamos nossa nova sede administrativa em São Paulo, reformamos e equipamos nossa sede social em Chavantes, inclusive com a contratação de novas equipes médicas e serviços de diagnóstico para melhor atendermos à população.
2022 também foi o ano em que abdicamos de contratos que não faziam sentido em nossa busca por Excelência em Gestão. Optamos por não renovar alguns contratos e isso mos ajudou a direcionar energia e foco para projetos que realmente fazem a diferença na saúde da população.
Estamos satisfeitos? Em partes sim. Porém somos inquietos e sempre vamos buscar melhorar cada vez mais. Sabemos de todos os problemas e dificuldades que enfrentamos e nunca vamos medir esforços para resolvê-los.
Sempre que ganhamos um novo contrato ouvimos a pergunta: por quê Chavantes? A resposta é: por quê não Chavantes? Temos uma equipe experiente e tecnicamente muito competente em Saúde. Acredito que todas as Santas Casas tinham que ser um pouco como a Santa Casa de Chavantes. Nós mostramos que apenas tamanho não traz qualidade e eficiência. As instituições precisam ter compromisso, seriedade, resiliência e vontade de fazer dar certo. E isso tudo temos de sobra.
O desenvolvimento de nosso Hospital trouxe desenvolvimento para nossa cidade, que passou a receber recursos federais e estaduais que nunca havia recebido antes.
Acreditamos que o desenvolvimento e crescimento de uma instituição, traz desenvolvimento para todos ao seu entorno. Em todas as cidades que atuamos conseguimos trazer recursos para ajudar no financiamento da Saúde.
E nosso Natal de 2022? Trouxe emoção, carinho e alegria a milhares de pacientes e familiares. Será que alguem conseguiu conter as lágrimas?
Isso tudo é fruto de pessoas que são motivadas por uma única coisa: amor pelo que fazem.

Como 2022 foi o ano do amor de sobra para Santa casa de Chavantes, que 2023 possamos fazer ainda mais e melhor para a saúde brasileira, sempre com foco, ética, resolutividade e humanização.

Obrigado à todos.

#aquicorrresangueazul

#somosexcelenciadasaude2022

#oscardasaude2022

#somostodoschavantes

Anis Ghattás Mitri Filho
Presidente da Santa Casa de Chavantes

Excelência da Saúde 2022 na categoria Filantropia

Santa Casa de Chavantes recebe o prêmio Excelência da Saúde 2022 na categoria Filantropia.

Em evento no InRad do Hospital das Clínicas da FMUSP instituições como Sírio Libanês, Hospital Nove de Julho, HCOR, São Camilo, Grupo São Cristóvão, Beneficência Portuguesa de São Paulo e Santa Casa de Chavantes receberam prêmios nas diversas categorias.

O Excelência da Saúde é um reconhecimento considerado como um dos principais do segmento hospitalar do país. É um prêmio oferecido desde 2013 e tem por objetivo homenagear as instituições que mais se destacaram nos últimos 12 meses.

Como funciona o Prêmio Excelência da Saúde:

Os premiados do evento são escolhidos a partir da inscrição de cases de sucesso aliada a pesquisa de mercado realizada pelo Conselho Editorial do Grupo Mídia, que há mais de uma década é a principal plataforma midiática de Gestão em Saúde do país.

Ele é composto por 13 categorias e em cada uma delas são eleitas três instituições vencedoras. As categorias são: Arquitetura e Engenharia; Ética e Compliance; Enfermagem; Ensino e Pesquisa; Filantropia; Gente e Gestão; Governança Corporativa; Inovação; Hotelaria Hospitalar; Investimento; Qualidade e Segurança; Responsabilidade Socioambiental; e Tecnologia.

#santacasadechavantes#oschavantes#OrganizaçãoSocial#Filantropia#gestãoeeficiência#Excelência#excelênciadasaúde#Chavantes

Contas da Santa Casa de Chavantes em Ferraz e Vasconcelos.

Contas da Santa Casa de Chavantes em Ferraz e Vasconcelos foram 100% aprovadas, por unanimidade, pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, nos autos do Processo 131 TC-014712.989.22-7

Após apontamentos publicados em despacho do TCE do estado, a Santa Casa de Chavantes se manifestou e os Conselheiros Aprovaram as contas por unanimidade.

Os apontamentos haviam ocorrido por uma interpretação equivocada do próprio tribunal acerca da contratação e execução do projeto.

A Santa Casa de Chavantes se manifestou e conseguiu comprovar a idoneidade e transparência em nossas contas.

Confira na íntegra a sessão do TCE e a decisão de seus conselheiros.:

Item 132 – Santa Casa de Chavantes & Ferraz de Vasconcelos

#tce #tcesp #Chavantes #santacasadechavantes #OrganizaçãoSocial

MEDMAX

Santa Casa de Misericórdia de Chavantes
CUPOM: CHAVANTESMAX

R$500,00 reais de desconto válidos para ingresso simples ou Combo

A inscrição se faz pelo link: https://medmax.live/vendas/

O MEDMAX é um evento presencial de business médico que acontecerá nos dias 22 e 23 de outubro, no Hotel Sheraton WTC, em São Paulo/SP com 18 palestrantes. O principal objetivo do evento é mostrar para o médico de qualquer especialidade que ele pode se tornar um grande empreendedor.

Queremos oferecer a você um cupom exclusivo para que possa presentear seus clientes, colaboradores e parceiros com um oportunidade única de fazer parte deste evento revolucionário nas áreas de gestão e marketing.

Equipamentos, uma preocupação constante para o bom atendimento

Os equipamentos adequados podem evitar erros que poderiam ser fatais durante o atendimento

Foto de MART PRODUCTION no Pexels

A competência do material humano no trabalho hospitalar é testada no dia a dia, em meio aos diversos atendimentos com as mais diversas gravidades. Apesar de toda a eficiência e conhecimento teórico e prático de médicos e enfermeiros, para ficar apenas nestes dois profissionais, não é possível que eles trabalhem sem equipamentos.

A existência de máquinas que se modernizam com a velocidade da luz é necessária para que essa competência de médicos e enfermeiros não se transforme em improviso.

Os equipamentos também podem evitar erros que poderiam ser fatais durante o atendimento. Vale recordar que improvisos e enganos são absolutamente condenáveis no ambiente de qualquer empresa. Em se tratando de um hospital, a situação ganha contorno maior ainda.

Importância dos equipamentos

Diante disso, a Santa Casa de Chavantes, assim como todas as unidades de saúde que administra por intermédio de sua Organização Social, está sempre atenta a todos estes detalhes.

“Para que equipamentos médicos funcionem da maneira correta, é importante que se tenham calibração e manutenção constantes. Apenas com estas duas preocupações, é possível evitar quebras e paradas abruptas dos equipamentos”, afirma Anis Mitri, cardiologista e presidente da Santa Casa de Chavantes.

Em quase todos os contratos e gestão e convênios com o Governo do Estado de São Paulo, a Santa Casa de Chavantes contrata empresas especializadas em Engenharia Clínica e Manutenção de Equipamentos Médicos.

“Estas empresas fazem um trabalho sério e preventivo nos maquinários cedidos pelo Poder Público, otimizando a vida útil deles, além de garantir o bom funcionamento dos mesmos”, completa.

Renovação

Além da manutenção constante dos equipamentos, a renovação frequente dos aparelhos também é necessária para que se acompanha as tendências mais modernas de tratamento.

“Em nosso hospital próprio, a Santa Casa de Chavantes constantemente busca recursos parlamentares com deputados para adquirir novos equipamentos e manter nosso parque tecnológico atualizado”, revela Anis Mitri.

Já nos convênios celebrados com os Governos, é responsabilidade do Poder Público a compra e aquisição de novos equipamentos médicos, cabendo à Santa Casa de Chavantes operar e zelar por estes maquinários.

Capacitação

A troca de maquinário também envolve outro aspecto: preparação dos profissionais que vão ser responsáveis pela operação. E isso não importa o setor, desde os que são integrados por profissionais mais simples até os departamentos compostos por mais graduados.

“Todo equipamento novo adquirido necessita de dois treinamentos. Um deles, chamado de “Preset”, é o treinamento e momento em que a fabricante, junto com o hospital, regula o equipamento e suas configurações dentro da necessidade que aquela unidade precisa”, explica.

O outro treinamento, acrescenta o (cargo do porta-voz), é chamado de “Application”, e dura de horas a semanas, onde o fabricante envia operadores, com objetivo de acompanhar, treinar e capacitar os colaboradores.

Tradição

O cuidado com os equipamentos hospitalares, assim como em relação aos treinamentos dos colaboradores, integra um processo importante e compõe apenas um dos aspectos da tradição da Santa Casa de Chavantes.

A instituição, que foi fundada em 1923 e possui uma expertise de 15 anos na gestão de equipamentos de saúde, mostra grande êxito nas iniciativas abraçadas, tanto na cidade de Chavantes e na região do Departamento Regional de Saúde de Marília quanto em outras cidades do Estado de São Paulo.

Os equipamentos são dotados de alta tecnologia para exames e diagnósticos cada vez mais precisos. Dentro desse processo, é vital a utilização de todo tipo de dispositivo que signifique agilidade como sistemas, aplicativos e outros gadgets.

O capital humano, no entanto, segue sendo um elemento fundamental para que toda essa complexa engrenagem funcione com perfeição. A propósito, muitos acreditam que para um hospital ou clínica caminhar bastam apenas os médicos e enfermagem. Esta é apenas uma parte – e de grande destaque, é verdade – dentro desse processo.

O fato é que o número de profissões, equipes e infraestrutura envolvidas é muito maior do que se pode imaginar. Dentro de uma unidade de saúde, existe a necessidade de contadores, advogados, faturistas, administradores e uma gama enorme de profissionais. Todos estão devidamente envolvidos. Não importa o cargo, mas sim a demonstração de todo o conhecimento no dia a dia.

Outros tipos de equipamentos também são essenciais para que a máquina rode perfeitamente. No caso, a humana e que, claro, influencia diretamente em todas as outras. A pandemia de Covid-19 intensificou ainda mais os cuidados com a saúde e a segurança do trabalho, já extremamente presentes no cotidiano de sempre.

Tanto que a cultura desses dois itens fez com que a Santa Casa de Chavantes aumentasse em mais de 15 vezes o investimento nesse setor, com direito a treinamentos frequentes de boas práticas, higiene e uso correto de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual).

Para conferir mais detalhes sobre os equipamentos e toda a estrutura, acesse o site da Santa Casa de Chavantes.

Enfermaria, uma importante assistência que deve ser preservada

Entenda os motivos que fazem o setor de enfermaria ser tão relevante para um hospital

Foto de RODNAE Productions no Pexels

Se os médicos são peças fundamentais dentro da engrenagem de um hospital, o que dizer do setor de enfermaria? Sem dúvida, é possível falar o mesmo, a se medir a importância destes profissionais no dia a dia.

E na Santa Casa de Chavantes, assim como nas unidades administradas por intermédio de sua OSS (Organização Social de Saúde), esses profissionais são encarados da mesma forma, com a seriedade que eles merecem.

A enfermaria é a área do hospital onde ficam pacientes que necessitam de internação, mas não necessariamente de cuidados médicos constantes.

Desta forma, os pacientes ficam durante a maior parte do tempo assistidos pela equipe de enfermagem. Os integrantes do time, por sua vez, eventualmente podem solicitar a presença do médico.

“Geralmente é permitido que alguém da família fique como acompanhante do paciente nestas alas, onde acontece a possibilidade de a enfermagem treinar estes familiares para os cuidados pós hospitalares do paciente”, afirma Anis Mitri, cardiologia e presidente da Santa Casa de Chavantes.

A importância da enfermaria

Por todos esses fatores, a enfermagem necessita de muito cuidado e atenção, pois são esses profissionais que lidam constantemente com todos os problemas do paciente e com as mazelas da saúde.

Desta forma, a pressão é muito elevada em cima destes profissionais, causando um incrível desgaste, sendo necessária a atuação do setor de psicologia por parte do hospital, de modo que as habituais longas jornadas sejam cumpridas a contento. “É feito um trabalho de conscientização constante e aberto um canal de comunicação entre psicologia e enfermagem”, revela.

Tudo isso faz parte do trabalho de humanização com os enfermeiros, que já acontece em relação aos pacientes. “É feito um trabalho de integração com oficinas e eventos temáticos para tentar aliviar um pouco a carga que estes profissionais carregam. Mas todo trabalho de humanização possível ainda é muito pouco diante do que a enfermagem merece”, explica.

Exigência maior

Em uma unidade de saúde, seja qual for o tamanho, há setores de tratamento em que o trabalho de humanização é mais exigido. Tratam-se dos chamados “setores fechados”, como as UTIs, unidades intermediárias, unidades de choque e outras.

“São locais onde a convivência com a família fica restrita, pelo nível de criticidade e necessidade de cuidados que os pacientes necessitam”, explica.

Dentro desse processo, é fundamental o papel de médicos, enfermeiras e demais profissionais da saúde. “É importante que todos se conscientizem e se mobilizem para que se crie um ambiente acolhedor para o paciente e seus familiares. Isso melhora exponencialmente a relação entre profissionais de saúde e pacientes, repercutindo diretamente no ambiente de trabalho”, ressalta.

Como é uma relação de mão dupla, a atuação de pacientes e familiares também é essencial para que o trabalho de humanização seja feito da melhor forma na enfermaria. “Também é preciso ser vigilante e não tolerar atos de desrespeito ou descaso por parte dos profissionais, mesmo em situações mais críticas”, completa.

Cada unidade gerida pela Santa Casa de Chavantes possui sua comissão de humanização, seu conselho e seu grupo de associados e irmandade. Todos sempre atuam melhorando a humanização por intermédio de iniciativas simples como leitura, música, oficinas e rodas de conversa.

Tradição

O trabalho de humanização e todos os cuidados destinados e empregados nesse processo compõem apenas um dos aspectos da tradição da Santa Casa de Chavantes.

A instituição, que foi fundada em 1923 e possui uma expertise de 15 anos na gestão de equipamentos de saúde, mostra grande êxito nas iniciativas abraçadas, tanto na cidade de Chavantes e na região do Departamento Regional de Saúde de Marília quanto em outras cidades do Estado de São Paulo. Mas muito é feito até chegar nesse estágio. E muitas situações são vivenciadas até que isso se estabeleça a cada nova jornada.

Muitos acreditam que para um hospital ou clínica funcionar bastam apenas os médicos e enfermagem. Esta é apenas uma parte – muito importante – da complexa engrenagem. O fato é que o número de profissões, equipes e infraestrutura envolvidas é muito maior do que se pode imaginar.

Dentro de uma unidade de saúde, existe a necessidade de contadores, advogados, faturistas, administradores e uma gama enorme de profissionais. Todos estão devidamente envolvidos nesse processo de humanização. Não importa o cargo, mas sim o conhecimento e o sentimento presentes, cada um em sua função.

A pandemia de Covid-19 também acabou colaborando nesse processo de humanização, afinal saúde e segurança do trabalho também fazem parte, de certa forma, de tudo isso. E a cultura desses dois itens fez com que a Santa Casa de Chavantes aumentasse em mais de 15 vezes o investimento nesse setor, com direito a treinamentos frequentes de boas práticas, higiene e uso correto de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual).

É bom lembrar que todo esse processo que resulta em competência vai além do capital humano. É vital que haja utilização de tecnologia, como sistemas, aplicativos e outros gadgets.

Acesse o site da Santa Casa de Chavantes e confira mais detalhes sobre a importância da enfermaria para o sistema de saúde.